Como fazer Networking

Compartilhe:

Você já parou pra pensar que pra ter sucesso quase sempre é necessário ter ajuda de outras pessoas durante o processo? E que essa ajuda vem de algo que se chama Networking?

Ajuda com contatos para conseguir se aproximar de pessoas importantes. Ajuda com habilidades que você não tenha e precisa para concluir alguma tarefa. Enfim, ajuda de toda forma que venha facilitar sua vida e até gerar algumas amizades no meio do caminho.

Eu já precisei de ajuda, assim como também já ajudei muitas pessoas.

Um exemplo claro é que sou uma pessoa muito técnica, mas pouco comunicativa. Então, geralmente eu entro em projetos com amigos que sabem se comunicar e vender (que são coisas que eu não sei fazer). Por outro lado, tenho um bom conhecimento com ferramentas e execução de projetos. Assim, todo mundo sai ganhando.

Essa interação entre duas pessoas é denominada Networking. Formada de net (rede) e work (trabalhar), e diz respeito a um sistema de interação em uma rede de relacionamentos.

Além dos eventos e workshops presenciais, a internet virou um facilitador para o Networking. Podemos utilizar a internet para localizar pessoas que conhecemos off-line, ou encontrar pessoas online com o intuito de formar conexões no mundo real.

Afinal, quem não tem um amigo virtual? Ou conheceu alguém em um evento há muitos quilômetros de distância e que agora o contato que restou foi apenas virtual? Pois é! E falando de internet como facilitadora de conexão, eu já conheci muita gente por meio do Blog ou do Facebook que depois acabou me gerando algum trabalho como freelancer.

Outra coisa legal é que a rede online pode ser utilizada para aprimorar o que flui entre amigos do mundo real, principalmente pessoas que você conhece em eventos e locais longe da sua cidade, e mais legal ainda que isso, é que com a tecnologia que temos hoje é possível você trabalhar com pessoas que moram do outro lado do mundo, sem problema algum.

Essas interações chamadas de Networking criam e estimulam novos fenômenos sociais que implicam em coisas importantes para o bem coletivo. De forma básica, quanto mais pessoas se conhece, maiores as chances de surgirem novas oportunidades.

Mas, onde encontrar pessoas para o Networking?

Para as áreas de marketing digital, design e comunicação em geral, um dos facilitadores de relações pessoais de Networking são os eventos organizados pelos profissionais da área. Esses eventos tem como objetivo reunir afiliados, blogueiros, empresas, agências, designers, publicitários e todo tipo de profissional que esteja direta ou indiretamente ligado com projetos comerciais ou meio acadêmico, atuantes tanto na internet quanto fora dela.

Caso você não tenha acesso aos eventos presenciais pela distância ou por falta de grana, também podemos encontrar conferências online e webinários gratuitos sobre assuntos específicos. Além disso, você também pode participar de grupos no Facebook e no LinkedIn e a partir daí começar a se tornar mais conhecido na área profissional.

Uma dica é ajudar as pessoas. Não hesite em passar informação ou ensinar as pessoas, principalmente nos grupos. Em todo lugar existem pessoas com dúvidas que você pode resolver, o problema é que as vezes as pessoas acham que elas não são capazes de ajudar. Mas lembre-se, se de uma nota de 0 à 10 você se considera um 7 em conhecimento sobre um determinado assunto, sempre haverá aquele cara que, nessa escala, sabe menos que 7 e que você pode ajudar.

O que eu deixo de dica é que você sempre leve em conta que existem pessoas que estão começando em determinada área, que não possuem o conhecimento acadêmico que você tem, e por isso, se não for pra ajudar, é melhor não dizer nada. Não julgue as pessoas sem conhecer os bastidores da vida dela, sem conhecer o processo do projeto dela. As vezes é melhor ficar quieto do que estragar o sonho de alguma pessoa que está em um local onde você já esteve um dia.

Sempre tente conhecer pessoas boas, pessoas com propósitos e com honestidade. Eu acredito que é muito melhor crescer rodeado de pessoas boas, e que, no final, você acaba sendo a média das pessoas em sua volta. Portanto, escolha boas pessoas para criar uma relação profissional e ser a média de boas pessoas e não pessoas medíocres.

O que as pessoas buscam no Networking?

Independente de um evento presencial ou um grupo de networking virtual, os profissionais buscam o desenvolvimento de técnicas e táticas para aumentar o rendimento dos projetos, por meio de palestras educativas ou promoção de Networking. Muitos procuram os grupos para sanar suas dúvidas. Alguns profissionais que vão aos eventos nem conhecem a área tão bem, mas querem saber o que é esse tal de marketing ou aquele tal de design que tanto ouve falar, muitas vezes só por curiosidade.

É bom lembrar que a matéria-prima do Networking é a informação. Para que o Networking aconteça é necessário planejar a abordagem, sendo por meio pessoal ou virtual.

As pessoas importantes são as mais assediadas, e por isso o acesso é dificultado, mas as vezes, o cara que pode te ajudar está ali do seu lado e você nem imagina. Então, as vezes, em vez de tentar esperar o palestrante sair do palco para conversar com ele, porque você não puxa um assunto com a pessoa que está aí sentada ao seu lado no evento?

No meio profissional o Networking tende a ser uma fonte enriquecedora de troca de conhecimentos quando você interage com as pessoas corretas.

O que eu vejo acontecer, é que existem muitos “malas”. Aquele cara que não deixa a pessoa em paz, que faz um contato forçado, que quer apenas sugar as pessoas e não oferece nada em troca. Não seja esse tipo de pessoa. Antes de uma boa relação, estude. Nem que seja o mínimo possível para poder manter uma conversa agradável, e quando a pessoa não estiver muito afim de conversar… não força, amiguinho.

Supondo que você conheceu algumas pessoas e criou boas relações profissionais. Agora se torna muito importante gerenciar os contatos profissionais e manter a comunicação recorrente com o auxílio das redes sociais, fazendo com que a relação amadureça e gere um melhor aproveitamento da interação, o que melhora o aprendizado coletivo ou abre caminhos para futuros projetos.

Então não esqueça de criar um vínculo, deixar seu cartão de visitas, adicionar no Facebook, etc.

Networking na prática?

Tentando te ajudar a iniciar esse lance de relação profissional, separei algumas dicas e links  para sanar algumas dúvidas e dar um start na comunicação.

O primeiro é de como um Freelancer pode fazer Networking. Esse trata-se de um podcast do Blog Aparelho Elétrico que conta com a participação de profissionais da área de Design falando de como o Networking funciona pra eles, que você pode ouvir abaixo.

Também tem alguns grupos do Facebook. Claro que existem dezenas, basta digitar o assunto de sua preferência na busca… Mas, dentre os que eu mais gosto utilizo estão:

Coletivo Branding

Designer Gráfico

Blogueiros

Web Design Brasil

Por fim, fique sempre de olho nas pessoas que tendem a ser bem vistas por sua profissionalidade. Muitas vezes você não consegue ter acesso ao cara que tem sucesso, mas quando você percebe existem outros profissionais que fazem ele ter o sucesso que tem, e esses são mais acessíveis.

Seja visto, já dizia o velho ditado “Quem não é visto não é lembrado”. As pessoas, muitas vezes nem sabem da sua existência, então dê as caras por aí.

Ah, e aproveite nosso campo de comentários logo abaixo pra começarmos um Networking.

Abraços!

O que achou do Artigo? Conta aí!

Onde me encontrar