SEO para WordPress

Compartilhe:

Olá, depois de alguns pedidos, resolvi criar uma postagem dedicada exclusivamente ao SEO para WordPress.

Mas Knabbenn, porque você está escrevendo sobre SEO e não sobre Design? Bom, uma vez li em um site de um cara que sou fã, a seguinte frase:

De que adianta ter um site bonito, se ele não é encontrado?

Pra quem não sabe,  SEO significa Search Engine Optimization, e é ele que é responsável por fazer que sua página apareça nos buscadores como o Google. Ou seja, quanto melhor estruturado é o conteúdo de seus posts e páginas, maior a probabilidade de aparecer na primeira página do Google quando pesquisarem por um termo ou, uma palavra-chave que você utilizou para escrever seu texto.

Vamos ao exemplo, nesse texto específico vou focar no termo “SEO para WordPress” então pare agora, e comece analisar todos os locais que eu utilizarei esse termo nesse texto, como no título, no primeiro parágrafo do texto, na URL da página, em alguns subtítulos desse texto, etc…

Mas peraí! Como eu saberei onde utilizar o termo escolhido? Bom, vamos a um segredo dica do WordPress.

Uma das fascinantes coisas que fazem eu amar de coração a plataforma WordPress, é que existe Plugin para tudo, quando eu digo TUDO, é tudo mesmo. E claro, não poderia faltar um Plugin dedicado de SEO para WordPress.

O nome desse maravilhoso Plugin é Yoast SEO, basicamente você instala ele no seu WordPress, e enquanto você vai escrevendo uma postagem, ele vai te dando algumas dicas de como melhorar o seu texto.

Alguns vão se perguntar,  – Tá, mas e os sites que não são em WordPress, como faz? Nesse caso, você pode utilizar todas as dicas que eu vou passar aqui, a única diferença é que você não vai ter o Plugin Yoast SEO te avisando o que fazer ou, o que você esqueceu de fazer.

Bom, vamos agora entender como conseguir mais visitas utilizando SEO para WordPress, com auxílio do Plugin Yoast.

Instalando o Plugin Yoast de SEO para WordPress

O primeiro passo é instalar o Plugin, para isso, depois de ter logado em seu painel do WordPress, vá até a aba Plugins e selecione “Adicionar Novo”.

No campo de busca, digita “Yoast SEO”, selecione o Plugin e clique em instalar.

Após instalado, o Plugin já está pronto para ser utilizado. No menu de configurações do Plugin, também há algumas opções avançadas de configuração, como vínculo com o Google Analytics e outras funções bem bacanas, mas como o foco desse post é SEO, não irei abordar todas as funções do Plugin aqui, apenas a que nos interessa nesse primeiro momento.

Criando uma postagem com auxílio do Yoast SEO

Bom, agora vamos colocar a mão na massa.

Após instalar o Yoast SEO, vá até sua aba de postagens aí no painel do seu WordPress, clique para adicionar um novo post e note que abaixo do campo de texto surgiram novas opções.

Vou colocar uma imagem aqui abaixo, note que foi feito um print dessa tela exatamente no momento que eu estou escrevendo essa parte do texto, então você já consegue comparar algumas coisas que fiz até aqui.

seo-no-wordpress-seo-para-wordpress-yoast-seo

A primeira coisa que você deve fazer é definir qual será o termo, ou, palavra-chave do seu artigo. Aquele termo que você acha que as pessoas buscarão no Google e que pode levar para o seu post.

Nesse caso, eu escolhi utilizar o termo SEO Para WordPress. Um dos motivos é que eu queria realmente nichar esse artigo para WordPress, mesmo que as dicas possam ser utilizadas em qualquer plataforma, e outro, é que analisando o Google Trends, notei que a busca pelos termos SEO e SEO para WordPress tem crescido. Então, logicamente, esse seria um bom assunto para um novo post aqui no blog.

Após você definir o termo, vá até o campo Focus Keyword e adicione o termo que você escolheu. No campo, palavras chave, você pode utilizar o mesmo termo, ou, deixá-lo em branco.

Na parte superior da imagem, tem um campo chamado Snippet Editor. Esse campo se refere ao título e descrição que aparecerá quando você compartilhar esse post em um local externo, por exemplo, quando você divulgar um link externo no Facebook, automaticamente aparecerá um título e uma descrição junto ao link divulgado. Esse é o Snippet.

Você pode editar esse título e descrição clicando em Edit Snippet.

Agora vem a parte mais importante, a parte de análise de post pelo Yoast SEO.

Analisando os requisitos de SEO para WordPress pelo Yoast SEO

Até esse momento do post, minha análise do Yoast está assim:

seo-para-wordpress-yoast-seo

Na parte de analysis, é onde o Yoast aponta o que está bom e o que está ruim na postagem e que pode ser melhorado. No meu caso, está quase tudo ótimo, com exceção do primeiro item. Isso porque eu fui ajustando enquanto escrevia esse artigo e, também, eu já estou acostumado a escrever com o auxílio desse plugin.

NOTA: Em alguns casos, o Yoast só começa a atualizar após você salvar um rascunho do seu post. Então se você definir o Focus Keyword, escrever alguns parágrafos de texto e a análise de SEO não atualizar, basta você salvar um rascunho do seu post.

A seguir, vou explicar cada um dos itens apontados, assim, você pode pegar essas dicas e utilizar nos seus textos. Com certeza, o número de visitas orgânicas em seu website irá aumentar com essas mudanças em sua forma de escrever.

1 – The images on this page do not have alt attributes containing your focus keyword

Nesse local, geralmente aparece algo como “nenhuma imagem aparece nessa página, considere acrescentar alguma”. Então você faz o upload de uma imagem e insere. Algumas plataformas, colocam o “alt” automaticamente nas imagens, outras não.

Alt vem de Alternative. É a mensagem que aparecerá quando a imagem não for carregada. Geralmente uma descrição do que existe na imagem. leitores de tela apropriam-se desse atributo para informarem o usuário que possua alguma deficiência visual ou não, o que está sendo exibido.

Uma dica que dou é, nomeie suas imagens com sua focus keyword antes de fazer upload da imagem para seu site, assim, na maioria das vezes ela já virá corretamente.

2 – This page has 0 nofollow link(s) and 1 normal outbound link(s)

Em português geralmente aparece “Esta página possui 1 link(s) de saída”. Nesse caso, propositalmente eu coloquei um link do plugin Yoast SEO em uma palavra do texto do post. Esses links servem para duas coisas, a primeira é ligar sua postagem a um outro post seu, levando o usuário a percorrer no seu site e trazendo mais credibilidade para suas postagens. Outra coisa bacana é poder citar alguém que você utilizou como referência. Assim, você estará dando credibilidade para alguém que escreve um bom conteúdo e quem sabe essa pessoa possa te recompensar depois, com um link para um dos seus post 😉

3 – The meta description constains the focus keyword.

A meta-descrição contém a palavra / frase chave primária. A meta description, ou, meta-descrição se refere a parte textual do Snippet, que fica abaixo da URL da página. Você altera ela clicando em Edit Snippet, em alguns casos a mensagem pode ser algo dizendo que o texto está curto ou longo, além claro, da possível falta da palavra-chave primária.

4 – Na meta-descrição especificada, considere: Como ela se compara à competição? É possível torná-la mais atraente?

Talvez essa seja a parte de análise de SEO mais subjetiva, seria algo como “sua meta-descrição está mais legal que a dos outros site que falam de SEO?”. Não existe uma regra, mas releia algumas vezes e veja se ficou agradável e convidativo para que as pessoas cliquem para ler seu artigo.

5 – The focus keyword appears in 1 (out of 3) subheading in the copy. White not a major ranking factor, this is beneficial.

Sua palavra-chave primária aparece em 1, dos 3 subtítulos em seu artigo. Não é o fator mais importante, mas é benéfico. Considere sempre colocar sua focus keyword em alguns dos subtítulos do seu artigo.

Considere sempre, também, dividir bem seu artigo, utilizando subtítulos.

6 – The Keyword density is 1%, which is great; the focus keyword was found 7 times.

A densidade da palavra-chave primária é de 1%, isso é ótimo. A palavra-chave foi encontrada 7 vezes.

Ou seja, até o momento, o termo “SEO para WordPress” foi escrito 7 vezes, agora 8. Quanto mais, melhor. O único problema é colocar um termo e criar uma frase sem sentido, só para ter onde colocar ele.

Aconselho a sempre pensar nas sentenças do seu texto, onde a inclusão da palavra-chave não fique estranha no contexto da leitura.

7 – The text contains 721 words. This is more than or equal to the recommended minimum of 300 words.

O texto contém 721 palavras, agora ele tem 1391. Isto é maior ou igual o mínimo recomendado de 300 palavras. Aqui entra um fator importante. O mínimo é 300, eu costumo escrever textos com aproximadamente 2000 palavras. Como meu foco é criar conteúdo rico, escrever textos mais completos e maiores faz com que eu tenha uma possibilidade maior de utilizar minha palavra-chave mais vezes.

Além disso, escrever um texto mais completo, melhor que o da concorrência, faz com que a probabilidade do seu artigo ajudar alguém aumente. Mas essa é uma questão pessoal, ou do seu objetivo. Se 300 palavras são suficientes para você explicar alguma coisa de forma clara, utilize somente as 300.

8 – The focus keyword appears in the first paragraph of the copy.

A palavra-chave aparece no primeiro parágrafo do seu texto. Simples.

9 – The page title has a nice length.

O tamanho do título está bom. Outro exemplo de texto que poderia aparecer seria “O título da página tem mais de 40 caracteres e menos do que o limite recomendado de 70 caracteres.” Ou seja, crie títulos que tenham entre 40 e 70 caracteres.

É importante notar que utilizar a palavra-chave no título é algo extremamente importante.

10 – The focus keyword appears in the URL for this page.

A palavra-chave aparece na URL da página. Ou seja, no link da página tem a palavra-chave.

Algumas pessoas chamam isso de um site com URL amigável. No caso do WordPress, geralmente ele cria a URL de acordo com o título do artigo, então, criando o título correto a URL irá ficar correta também.

11 – Parabéns, você não havia utilizado esta palavra-chave antes.

Eu ainda não havia utilizado o termo “SEO para WordPress” em outras postagens do meu blog como focus keyword.

Sites em WordPress que possuem uma boa estratégia de SEO

Navegando por aí na internet, as vezes me deparo com alguns sites que possuem um alto número de visitas e analiso como eles estão utilizando o SEO a favor deles. Dentre os sites que são referências nesse meio está o Viver de Blog.

Então, para mostrar pra vocês que isso funciona. Faça um pequeno teste rápido. Vá até o Google e pesquise por “psicologia das cores”. Veja de onde é o primeiro link que aparece e comece a analisar o mesmo.

seo-para-wordpress-psicologia-das-cores

Aqui fica claro o termo utilizado como palavra-chave. Ela está presente no início do título, na URL da página (o mais interessante é que a URL é a própria palavra-chave e não o título do artigo). Além disso, a meta-descrição está bem convidativa e também contém a palavra-chave.

Agora vamos clicar no título e abrir a página para ver como ela foi construída.

psicologia-das-cores-seo-para-wordpres-2

Abrindo a aba de localizar texto, digitei o a palavra-chave, logo, notei que ela foi utilizada 9 vezes no texto, é a primeira palavra no primeiro parágrafo e também está presente no título do artigo. Não precisamos analisar muito para saber que esse artigo foi construído com base em uma estratégia de SEO.

Concluindo

O SEO é, sem dúvidas, uma ótima ferramenta para melhorar o tráfego orgânico do seu website. Você pode utilizar o SEO para diversos fins, por exemplo, se sua empresa pretende vender um determinado serviço ou produto, você pode criar uma página com o nome desse produto, e um texto que faça com que as pessoas encontrem esse produto por meio do Google.

De uma forma mais maléfica, você pode criar uma postagem bem escrita, com aquele produto do seu concorrente que está lá nas primeiras posições do Google, só para o seu aparecer antes do dele.

É importante notar, que alguns assuntos tem menos buscas que outros, então tente utilizar termos que tenham uma boa quantidade de pesquisas no Google, assim, você irá conseguir mais visitas.

Sempre tente resolver o problema das pessoas, não basta trazer elas até seu site e no final, não entregar o que ela precisa.

SEO não faz milagre, não existe SEO sem conteúdo. Conteúdo é Rei.

O que achou do Artigo? Conta aí!

Onde me encontrar

Top